Interpretação simultânea à distância

Com o desenvolvimento das plataformas de interpretação à distância, a interpretação pode agora ser fornecida desde um local completamente diferente daquele onde estão os oradores da conferência. Novos softwares permitem que os intérpretes trabalhem à distância, a partir de estúdios ou hubs, ou excecionalmente, em casa, durante o período de confinamento.

Conselho de administração em videoconferência com interpretação

O que é um hub ou estúdio de interpretação à distância?

A presença física dos intérpretes nas cabinas de interpretação continua a ser a solução privilegiada na interpretação à distância, tanto recomendada pela Calliope como pela Associação Internacional de Intérpretes de Conferência (AIIC). Na interpretação à distância, os intérpretes trabalham em cabinas de interpretação a partir de um estúdio ou hub devidamente equipado com cabinas de interpretação certificadas pela norma ISO e o equipamento necessário para a interpretação remota. Durante a reunião, um técnico especificamente formado em interpretação à distância, encontra-se, em pessoa, no estúdio para ajudar os intérpretes, e os participantes à distância.

Tendo acesso a estúdios em diversas cidades europeias, a Calliope está em condições de oferecer serviços de interpretação à distância em várias línguas. Os nossos intérpretes formaram-se para poderem utilizar várias plataformas de interpretação remota e já dispomos da nossa base de dados de intérpretes preparados para trabalhar remotamente. Depois de pesquisar e testar várias plataformas, podemos recomendar aos nossos clientes as melhores funcionalidades e níveis de segurança consoante as necessidades de cada um.

O que é um estúdio de teleinterpretação ou home studio?

Contudo, quando existem restrições às deslocações ou imposição de medidas de confinamento, nem sempre é possível nem seguro os intérpretes irem até um hub, mesmo na própria cidade. Por essa razão, resolvemos seguir as formações e adquirir o material necessário para poder trabalhar remotamente a partir do escritório de casa. Em alguns casos, um técnico devidamente formado também está conectado à distância para testar a configuração antes da reunião, com os intérpretes e os delegados, assim como durante a reunião para que corra tudo bem. Contudo, salientamos que se trata de uma solução excecional para circunstâncias excecionais. Para reuniões virtuais é sempre preferível trabalhar a partir de um verdadeiro estúdio.

O que é uma plataforma de interpretação simultânea à distância?

Existem várias soluções técnicas para a interpretação simultânea à distância. Algumas plataformas propõem um serviço integral enquanto que outras permitem ser utilizadas em conjugação com o sistema de videoconferência escolhido pelo cliente. Enquanto intérpretes-consultores independentes, foi uma decisão nossa a de não nos comprometermos com contratos de exclusividade com nenhuma plataforma, de modo a poder continuar a prestar um serviço de consultoria totalmente independente e recomendar a solução mais adaptada às preferências e necessidades dos clientes.

É de notar que a interpretação à distância impõe uma carga cognitiva superior à interpretação presencial. A Calliope implementa as recomendações institucionais que preveem, no máximo, uma sessão diária de 3 horas e meia, ou duas sessões de 2 horas e meia intercaladas por uma pausa de 90 minutos. Para reuniões mais longas, será preciso aumentar o número de intérpretes.

A Calliope pode:

  • Ajudar a escolher a solução de interpretação à distância mais adaptada às suas necessidades

  • Selecionar os intérpretes mais apropriados e com conhecimentos sobre o sistema de ISD

  • Organizar a logística da equipa quando optar por uma solução em estúdio

  • Aconselhar os participantes à distância com dicas sobre a ISD

 

Exemplos realizados:

Estúdio no escritório de casa para a interpretação á distância

#UCLGMeets e trocas de experiência entre regiões durante o confinamento

Durante o período de confinamento provocado pela COVID-19, a CGLU, a Organização dos governos locais e regionais, organizou vários webinários via Zoom para permitir aos seus membros trocarem experiências e tomarem conhecimento das medidas implementadas por outros concelhos ou regiões na luta contra a pandemia. Estas reuniões virtuais, coordenadas por Danielle Grée, representante da Calliope para a Espanha, decorreram em várias línguas, graças aos estúdios montados pelos intérpretes nos escritórios das suas residências durante o confinamento. Algumas sessões foram seguidas por mais de 250 pessoas em 5 continentes, demostrando a necessidade destas trocas de experiência.

 

 

Hub ou estúdio de interpretação simultânea ultramoderno em AtenasEstúdio de interpretação simultânea ultramoderno em Atenas

Em fevereiro de 2019, um ano antes do surto da COVID-19, Haris Ghinos, representante da Calliope na Grécia, inaugurou o primeiro estúdio de interpretação à distância pertencente a um intérprete na Europa. Para Haris, este investimento avultado (duas cabinas, duas conexões de Internet independentes, computadores portáteis de alta gama, dois monitores extra por cabina, auscultadores com ligação USB e proteção contra choques acústicos) justificava-se plenamente pelo aumento de reuniões multilíngues na Internet e pela necessidade de reduzir as despesas de viagens dos intérpretes.

Avancemos até o dia 15 de Abril 2020 em que, no estúdio de Atenas, dois intérpretes de conferência asseguram a interpretação de conferência virtual da Waiting to Connect, a primeira sessão de uma série de webcasts sobre as transformações que impactaram as nossas sociedades, economias e vidas privadas com a explosão da pandemia da COVID-19. Nicholas A. Christakis, professor de Ciências Socioeconómicas da Universidade de Yale, explorou o distanciamento social, questão premente no mundo inteiro, e a necessidade de contacto humano. O debate foi organizado pela Fundação Stavros Niarchos no âmbito da muito popular série de conferências DIALOGUES.

Partilhe este artigo: